Segunda-feira, 21 de Novembro de 2016

Can love really last that long?

numérisation0001.jpg

Foto tirada no dia do aniversário de 50 anos de casamento dos meus avós.

O amor  dura mesmo? Eu quero acreditar que sim. E que sou capaz também eu de o fazer durar. Quero acreditar que o 'e foram felizes para sempre' também me pode acontecer a mim. Sei que não é coisa que aconteça num estalar de dedos, debaixo da sombra da bananeira.  Aliás, não sou pessoa de gostar de facilidades. Eu gosto de desafios.

Mas por vezes, dou por mim a duvidar. Não que o amor dure - vi et vejo exemplos de casais que duram e duram, melhor que pilhas Duracell. Mas que eu tenha essa capacidade, ou que o mereça, é aí que a coisa vacila. Enfim, devaneios desta manhã... andava em arrumações e vi esta foto.

(Que saudades dos meus avós. Da minha avó tão doce. Do meu avô que não exprimia muito as emoções, mas que tinha um coração enorme. Do peixinho cozido, fresco que só ele, que nunca mais comi um assim tão bom. Do quintal, com a árvore enorme de clementinas (eram clementinas? acho que sim) e as flores plantadas pela minha avó. Do poço. Da torneira que dava água fresquinha, nem era preciso entrar na casa. No terraço por cima da cozinha, que quando éramos pequenas a avó tinha medo que caíssemos de lá de cima. Do vão por baixo das escadas do terraço, que fingíamos que tinha lá um monstro. Quero tanto lá voltar, mas nem isso é possível: a casa foi comprada depois da morte dos meus avós e deve ter sido completamente arrasada para construir melhor. Restam as memorias, agridoces.)

voado por Sem Asas às 08:42
link do post | voar | favorito

*Hora de Paris

*Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

*links

*divagações recentes

* to sleep all the night...

* Tombos

* Do tempo passado na cozin...

* parvoíces da minha adoles...

* Hoje sonhei contigo

* FERIAS!!!!!!!

* 30 Ways To Learn To Love ...

* o fim do ano lectivo está...

* Aujourd'hui, je me fous l...

* Futebol, Festival e Fatim...

* e é assim, que no meio do...

* este blog, como a sua mag...

* o ritual da manhã

* Não devia ter feito isto,...

* De férias, de novo

* "Às vezes o amor não acab...

* Sonho

* "O lado triste de quando ...

* Dos milagres caseiros

* Curtas mas boas - Nelson ...

*divagações arquivadas

* Agosto 2017

* Julho 2017

* Junho 2017

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Dezembro 2016

* Novembro 2016

* Outubro 2016

* Setembro 2016

* Agosto 2016

* Julho 2016

* Junho 2016

* Maio 2016

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Junho 2012

* Janeiro 2011

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds