Sexta-feira, 31 de Março de 2006

Momentos


"Apetece-me fazer amor contigo..."
sussurrada ao ouvido de um homem, esta confissão teve o condão de lhe mudar a expressão.
A mulher que a diz está abraçada a ele, é baixinha, muito bonita e bem-vestida, com cerca de 30 anos. O homem, esse parece ser mais velho que ela, é alto, magro e seco, com uma expressão carrancuda. Faz impressão pensar que ela pode mesmo estar apaixonada por ele, quase se pensa que ela podia ter arranjado melhor. Mas depois repara-se no olhar... os dois olham-se como se nada mais houvesse no mundo. Não há uma multidão à volta, sonolenta a ir para o trabalho. Não há o metro aos solavancos, quase a chegar ao Campo Grande. Só existem dois corpos, duas almas que comunicam entre si.

Vê-se um sorriso nos lábios do homem que o torna surpreendentemente mais jovem. Com o braço que passa por cima dos ombros da mulher, estreita-a mais contra si, beija-a na testa, fecha os olhos e suspira. O mundo é um lugar tão cruel, tão rápido a separar aqueles que se amam...

voado por Sem Asas às 12:37
link do post | voar | favorito
Segunda-feira, 27 de Março de 2006

o fantasma


Ainda agora vi passar um fantasma.
Estou sozinha em casa... só podia ser um fantasma.
Eu não era, porque o que vi no espelho era uma criatura pálida, com enormes olhos tristes e lágrimas a cair em cascata. Não era eu. Não podia ser! Eu sei que não sou assim... o que poderia transformar-me em tal criatura? Certamente ninguém me iria magoar a tal ponto, e eu não faria isso a mim mesma. No entanto, fiquei com pena do fantasma. Gostaria de o ajudar, mas não sei como...
Não sou eu, pois não? Não, claro que não... como poderia ser?


voado por Sem Asas às 10:54
link do post | voar | favorito
Quarta-feira, 22 de Março de 2006

S.O.S.


Saberás dizer quando precisas de ajuda? Saberás identificar quando te sentes só e mandar a mensagem de SOS para aqueles que consideras amigos?
Muitas vezes na confusão que são os nosso dias, algumas pistas passam-nos ao lado, e os amigos não reparam... serás tu amigo deles o suficiente para reconhecer que precisas deles? Se há coisa que aprendi ultimamente é isto: se queres algo, tens que ser tu a ir buscar. E isso aplica-se também à ajuda: se precisas dela, grita. Os amigos (os verdadeiros) irão ouvir e responder.

voado por Sem Asas às 10:02
link do post | voar | favorito
Terça-feira, 21 de Março de 2006

A realidade...


Enquanto uma pessoa sorrir, ninguém lhe faz perguntas incómodas.

Esta é bem verdade, por muito difícil que seja aceitar...

 

voado por Sem Asas às 10:08
link do post | voar | favorito
Segunda-feira, 20 de Março de 2006

Um gesto simples


Uma senhora idosa na conversa com as suas amigas estava parada precisamente no meio do passeio, impedindo a circulação. Controlando a minha "irritação" e em vez de ir dar a volta pela estrada, aproximei-me dela e pus-lhe delicamente a mão no ombro:

- Dá-me licença, por favor?


- Com certeza menina!, respondeu esta desviando-se.


Passo, olho-a nos olhos e vejo ali um sorriso que me surpreende e mais do que o sorriso, uma jovialidade que admiro imediatamente. Sorrio de volta:


- Obrigada!


É incrível como uma pessoa se sente mais leve depois. Como se sente contente por ter dominado a irritação, acabando por reconhecer noutra pessoa uma alma gémea, um sorriso que ilumina o dia... O que um gesto simples pode fazer...

voado por Sem Asas às 21:13
link do post | voar | favorito
Quarta-feira, 15 de Março de 2006

Para não haver desilusões...



A maneira mais simples de uma pessoa não se desiludir, é simplesmente não se agarrar às promessas dos outros. Imaginem que ninguém ouvia as promessas dos políticos, deixavamos nos desiludir com a nossa classe política!
Portanto, o sentido é o mesmo: mais vale não ouvir as promessas. Aliás, ainda mais simples que isso: não se relacionem com ninguém. Não se mexam. Não respirem. Não vivam.
Assim é mais simpes, e ninguém sai magoado.

(post dedicado a uma amiga minha, ela sabe quem é. Espero que leias isto, P.!)

voado por Sem Asas às 17:05
link do post | voar | favorito
Terça-feira, 14 de Março de 2006

A tradução...

"Inventaste algo maravilhoso ainda há pouco, sem mesmo te dares conta. Ao passar perto do meu arco, sorriste-me. Um pouco mais tarde, aquele detective que vem cá muitas vezes almoçar passou de carro, e olhou-me com o seu eterno ar de enfadado. Os nossos olhares cruzaram-se e eu confiei-lhe o teu sorriso, e quando ele se foi embora vi-o, trazia-o nos lábios. Assim, com um pouco de esperança, ele irá transmiti-lo a quem encontrar de seguida. Percebes agora o que fizeste? Inventaste um espécie de vacina contra o momento de mau humor. Se todos fizessem isso, pelo menos uma vez por dia, dar um sorriso, consegues imaginar a contaminação inacreditável de felicidade que se espalharia sobre a Terra?"

                                                                                        Marc Levy, Sept Jours pour une eternité...

Definitivamente, é o tipo de contaminação que não me importava que acontecesse (qual gripe das aves!!)

voado por Sem Asas às 15:39
link do post | voar | favorito

*Hora de Paris

*Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

*links

*divagações recentes

* to sleep all the night...

* Tombos

* Do tempo passado na cozin...

* parvoíces da minha adoles...

* Hoje sonhei contigo

* FERIAS!!!!!!!

* 30 Ways To Learn To Love ...

* o fim do ano lectivo está...

* Aujourd'hui, je me fous l...

* Futebol, Festival e Fatim...

* e é assim, que no meio do...

* este blog, como a sua mag...

* o ritual da manhã

* Não devia ter feito isto,...

* De férias, de novo

* "Às vezes o amor não acab...

* Sonho

* "O lado triste de quando ...

* Dos milagres caseiros

* Curtas mas boas - Nelson ...

*divagações arquivadas

* Agosto 2017

* Julho 2017

* Junho 2017

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Dezembro 2016

* Novembro 2016

* Outubro 2016

* Setembro 2016

* Agosto 2016

* Julho 2016

* Junho 2016

* Maio 2016

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Junho 2012

* Janeiro 2011

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

* Setembro 2006

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds